terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Interpretando uma Análise de Solo Agrícola (2) - Passo a Passo



Esta publicação é uma continuação da primeira parte de Interpretando uma Análise de Solo Agrícola (1) - Passo a Passo, na qual mostramos algumas conversões de unidades expressas na análise, os cátions básicos e o cálculo da soma de bases. O leitor poderá visualizar esta publicação clicando no link abaixo, antes de continuar a leitura:

2) CALCULANDO A CTC EFETIVA ou (t)


A Capacidade de Troca de Cátions (CTC) efetiva, ou "t" significa a capacidade do solo em reter cátions próximo ao valor do pH natural. Solos com baixa CTC efetiva retém poucos cátions, aumenta as perdas por lixiviação, as adubações potássicas exigem um parcelamento das mesmas. A CTC efetiva mede a quantidade de cargas negativas presentes no solo ao pH natural.
CTC efetiva ou (t) =  SB + Al, valores expressos em cmolc/dm³ ou mmolc/dm³
t = 2,146 + 0,7
t = 2,846 cmolc/dm³

3) CALCULANDO A CTC A pH 7.0


A CTC ou "T" representa a quantidade de cátions adsorvidos a pH 7.0 e deve ser expressa em cmolc/dm³ ou em mmolc/dm³;
CTC a pH 7.0 ou "T" = SB + (H+Al)
T = 2,146 + 3,7
T = 5,846 cmolc/dm³

NOTA: no cálculo da CTC efetiva e da CTC a pH 7.0 os dados encontrados foram expressos em cmolc/dm³ porque, no resultado da análise (Quadro 1.) os nutrientes estão expressos em cmolc/dm³.

4) CALCULANDO A PERCENTAGEM DE SATURAÇÃO DE BASES (V%) DA CTC A pH 7.0


O "V" reflete quanto por cento dos pontos de troca de cátions do complexo coloidal do solo estão ocupados por bases, ou quanto por cento das cargas negativas estão ocupadas por cátions básicos trocáveis. São considerados solos férteis aqueles que apresentam o V% maior que 50% e de baixa fertilidade aqueles com V% menor que 50%. Deve ser expresso em %.
V% = SB x 100 / T
V% = 2,146 x 100 / 5,846
V = 36,70%

Poderemos considerar o nosso solo sendo de baixa fertilidade, o que demonstra a pobreza em cátions básicos trocáveis. Uma calagem torna-se um imperativo para adicionar Ca e Mg e neutralizar o Al trocável. Acima de pH 5,6 o Al deixa de existir. Este V% é muito utilizado, por alguns Estados brasileiros, no cálculo da necessidade de calagem pelo método saturação por bases. Na fórmula de cálculo da calagem este seria o V1 e o V2 seria aquele recomendado para cada cultura de acordo com a pesquisa dos órgãos oficiais.

5) CALCULANDO A SATURAÇÃO POR ALUMÍNIO (m%)


O cálculo da saturação por Al "m" é feito em relação a CTC efetiva ou (t). Deve ser expresso em %.
m% = 100 x teor de Al / CTC efetiva ou "t"
m% = 100 x 0,7 / 2,846
m  = 24,6%

Alguns autores consideram que m% acima de 20% é indício de necessidade de calagem, outros usam 10%.

6) CALCULANDO A SATURAÇÃO DOS CÁTIONS BÁSICOS EM RELAÇÃO A CTC A pH 7.0


A fórmula de cálculo para valores expressos em cmolc/dm³:
% saturação do cátion  = 100 x teor do nutriente em cmolc / CTC a pH 7.0 ou T
no caso de valores expressos em mmolc/dm³:
% saturação do cátion  = 100 x teor do nutriente em cmolc / 10 x CTC a pH 7.0 ou T

% Saturação de Ca =  100 x 1,49 / 5,846 .'. 149/5,846 = 25,48%
% Saturação de Mg =  100 x 0,48 / 5,846 .'.  48/5,846 =  8,2%
% Saturação de K =  100 x 0,076 / 5,846 .'. 7,6/5,846 =  1,3%

O solo em estudo apresenta um desequilíbrio no balanço de saturação dos cátions trocáveis. Alguns autores consideram como balanço ideal para a percentagem de saturação de cátions da CTC a pH 7,0:
Cálcio (Ca) entre 60-70%
Magnésio (Mg) entre 10-20%
Potássio (K) ente 2 a 5%

Pode-se aumentar o Ca e Mg pela calagem e o potássio pela aplicação com cloreto de potássio.
LEIA:  Saturando com potássio (K) a CTC a pH 7.0

7) CALCULANDO AS RELAÇÕES ENTRE OS CÁTIONS


Ca/Mg = 1,49/0,48 =  3:1
Ca/K  = 1,49/0,076 = 20,9
Mg/K  = 0,48/0,076 = 6,3

Alguns consideram relações ideais como 3:1 para Ca/Mg, 9:1 para Ca/K e 3:1 para Mg/K.
Há uma necessidade de aumentar os teores de K neste solo para aproximar os cátions Ca e Mg das relações ideais com K.
LEIA: Importância da Relação Ca/Mg e variações com K


9 comentários:

  1. Boa tarde a todos,

    Eu desenvolvi o AppGrow que realiza os cálculos para Calagem, Gessagem, Adubação para o Plantio da Soja e muito mais.
    Disponível no site: https://itunes.apple.com/us/app/appgrow/id1030900144?mt=8

    Obrigado a todos.

    ResponderExcluir
  2. Olá professor,

    Qual sua opinião sobre calagem em profundidade 20,40 e 60cm para cultura da soja ??

    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o sistema radicular se desenvolve a grande profundidade, poderá ser feita a calagem mais profunda, pois beneficiará a absorção de nutrientes e água a maiores profundidades, e manter uma melhor fertilidade e sem Al nestas camadas. Em fruticultura se usa muito isto.

      Excluir
    2. Pode se utilizar o gesso agrícola, correto professor?

      Excluir
    3. Se for para corrigir a acidez do solo, não. O gesso não é corretivo do solo, mas é válido utilizá-lo para carregar o Ca para as camadas mais profundas.

      Excluir
  3. Professor, desculpe minha ignorância.mas oque é "SB"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Significa soma de bases (K+Ca+Mg+Na). Usa-se também como S, mas para não confundir com a sigla do elemento enxofre, prefere-se escrever SB.

      Excluir
  4. Boa tarde.
    Tem alguma indicação de livro, artigo ou algo para que possa entender melhor esse assunto,sou aluna de técnico agropecuária e o que foi explicado no curso foi insuficiente, então estou tentando por conta própria.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No blog, você pode acessar na coluna da direita "assuntos de interesse geral" procure análise do solo interpretação, clique, e abrir-se-á uma janela contendo dezenas de artigos que vão lhe explicar como interpretar uma análise do solo.

      Excluir

Comente, manisfeste a sua experiência, a sua dúvida, utilizando a parte de comentários.